Anúncios

Medir frequentemente a pressão arterial é essencial para pacientes que sofrem de hipertensão arterial, ter conhecimento qual é o melhor aplicativo para medir pressão arterial pode ajudar muito nesse sentido.

A Pesquisa Nacional de Saúde, realizada pelo IBGE em 2019, determinou que o país tem aproximadamente 38,1 milhões de pessoas sofrem com a doença pressão alta. Os casos da doença estão crescendo cada vez mais no país desde 2013 e, segundo o estudo, a ocorrência da hipertensão aumenta devido o avanço da idade da população.

Em pessoas com idade acima de 75 anos, por exemplo, os casos de pressão alta são registrados em 62,1% da população. Essas referências são preocupantes e sinalizam a necessidade de assistência de saúde, acompanhamento e informação de qualidade para que essas pessoas possam ter acesso ao total controle da doença.

Anúncios

Uma maneira prática e simples de medir a pressão arterial é usando  aplicativos direcionados na área da saúde. Sendo assim, a tecnologia está cada vez mais presente na rotina da população e ela é, com certeza, uma forma de aumentar a prática e tornando o acompanhamento da hipertensão mais simples, dinâmico e funcional.

O que são aplicativos de saúde?

Os aplicativos de saúde são aqueles usados para auxiliar no autocuidado e registro de dados sobre a saúde. Possui vários tipos de aplicativos com muitas funções, que podem variar de acordo com o foco dos criadores ou o foco principal dos usuários.

Dentre os aplicativos mais populares, estão os de:

° Controle de Medicamentos;
° Vacinas;
° Ciclo menstrual e período fértil;
° Dieta e ingestão de nutrientes;
° Consumo de água;
° Controle da ansiedade;
° Treinos e exercícios físicos;
° Convênios e planos de saúde.

Quais são os benefícios de aplicativos de saúde?

Cada vez mais vem aumentando o número de usuários dos aplicativos de saúde. Isso porque, com a tecnologia atualmente, se tornam grandes parceiros das medidas de prevenção e cuidados com a saúde. Esses aplicativos possui várias funções e trazem várias vantagens que justificam o seu uso no dia a dia.

Anúncios

Veja os principais benefícios:

1-Proximidade: a tecnologia faz com que diminua a distância entre as pessoas. Com uso dos aplicativos não é diferente: as pessoas podem se consultar com médicos, emitir exames e receber laudos, além de ter acesso a informações seguras e confiáveis, tudo de maneira segura.
2-Armazenamento de informações: uma das principais funções, que existe na maioria dos aplicativo, é a alternativa de armazenar registros. Dessa maneira, é possível ter um acompanhamento de saúde de maneira mais prática, o que acaba, até, incentivando os pacientes a se preocuparem mais com qualidade de vida e bem-estar.
3-Facilidade: a forma fácil e as muitas funcionalidades dos aplicativos são outros destaques. Nos aplicativos, a linguagem é mais fácil, menos técnica, e isso acaba sendo uma grande vantagem para os usuários. Isso ocorre porque os aplicativos são desenvolvidos com conceitos de UX (Experiência do Usuário), área responsável por tornar a tecnologia mais amigável, acessível para todos.

O que é pressão arterial?

A pressão arterial é a pressão que o sangue tem sobre a parte interna das artérias conforme sua passagem. Essa força é definida pelos batimentos do coração, órgão responsável por bombear o sangue para todo o nosso corpo.

Anúncios

É possível medir a pressão arterial que, quando apresenta valores alterados, pode ter  problemas como a hipertensão. Sendo assim, a pressão arterial é composta por dois números:

Pressão sistólica: que é a pressão de quando o sangue é bombeado;
Pressão diastólica: de quando o coração relaxa entre os batimentos.

Os valores são medidos com milímetros de mercúrio. Considera adequado 120/80 mmHg ou, popularmente, 12 por 8. Os valores podem sofrer variações conforme a idade, por exemplo. Além disso, pessoas que sofrem de doenças renais ou diabéticas devem se preocupar em manter a pressão abaixo de 130/80 mmHg. Quando o valor chega 140/90mmHg, já é considerada hipertensa.

Como medir a pressão arterial?

Ter o controle do valor da pressão é essencial, tanto para quem tem problemas de pressão arterial quanto para quem não tem nenhuma mudança. No acompanhamento de pré-natal, por exemplo, as gestantes costumam fazer o monitoramento frequentemente.

Mas, afinal, qual o método de medir a pressão arterial? Existem dois principais equipamentos para medir a pressão: o esfigmomanômetro mecânico e o esfigmomanômetro digital. Os dois possui a mesma função, o primeiro faz a aferição manual, enquanto o segundo faz a medição digital, deixando que o usuário meça sua pressão sozinho.

Para medir de forma certa, sem correr riscos de causar qualquer mudança, algumas dicas podem ser fundamentais:

° Se possível faça a medição da pressão durante a manhã e, se possível, ainda em jejum;
° Se precisar urinar, faça isso antes de medir;
° Não pegue muito peso ou faça muitos esforços físicos. Se fizer, espere, pelo menos, cinco minutos antes de medir;
° Fumar cigarros ou digerir bebidas alcoólicas não deve ser feita nos trinta minutos antes da medição;
° Não cruze as pernas para não influenciar no atraso venoso, obrigando o coração a se esforçar mais e a pressão subir;
° Evite conversar enquanto estiver fazendo a medição da pressão.

Confira a seguir algumas dicas para medir com o esfigmomanômetro mecânico:

° Coloque a braçadeira do aparelho cerca de 3 cm acima da dobra do braço;
° Encontre a pulsação e coloque a “cabeça” do estetoscópio sobre o local;
° Mantenha a válvula fechada e coloque o estetoscópio no ouvido;
° Encha a braçadeira até 180 mmHg, abrindo a válvula devagar;
° Observe os ponteiros e interprete os sons: o mais forte é a pressão máxima e o último é a mínima.

Aplicativos para medir a pressão arterial: qual é o melhor?

O uso do celular para ter o acompanhamento da sua saúde vem sendo cada vez mais usado. Tem, até, aplicativos que ajudam na medição da pressão arterial. Através de componentes fotoelétricos, por exemplo, é possível os aplicativos reconhecer a frequência cardíaca e medir a pressão da pessoa.

Na maioria dos aplicativos, as informações ficam arquivadas de forma bem facilitada. De todo modo, é possível analisar e  acompanhar de uma maneira bem mais simples.

Possui muitas opções de aplicativos, tanto para celulares com sistema operacional Android quanto iOS. Alguns aplicativos usam a conexão com relógios inteligentes, que é possível fazer a medição da pressão e emitir sinais de eletrocardiograma. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autoriza e assegura a eficácia desses aplicativo.

Duas boas opções são o BP Monitor App, que mede a pressão arterial sistólica e diastólica, além da taxa de pulso; e o iCare Health Monitor, que verifica a pressão arterial e frequência cardíaca. Vale lembrar que, apesar de serem muito funcional, os aplicativos não devem ser a única opção de controle da pressão, principalmente para os pacientes que já sofrem de hipertensão arterial.

Os aplicativos são maneiras de apoio, mas não substituem as visitas periódicas ao médico e fazer um check-ups de saúde. O objetivo é que essas ferramentas sejam usadas apenas como fontes de informação que ajudam e complementam o acompanhamento médico.

O aplicativo Zello unifica todo o seu histórico de consultas e exames médicos.