Anúncios

Tem curiosidade de saber como funciona um aplicativo para entregar comida e/ou produtos. Confira nessa matéria as melhores opções de aplicativos de delivery que existe atualmente no mercado.

Já era tempo que pedir comida deixou de ser apenas para pedir pizza ou lanche. Nos dias de hoje, temos várias alternativas, das mais simples às mais elaboradas. O mesmo vale para os produtos, já que tem um várias coisas que podem ser entregues na sua residência.

Sendo assim, cabe ao comerciante buscar entender quais são os melhores aplicativos de delivery e entrega de produtos, e conseguir dar uma experiência diferenciada aos seus clientes.

Anúncios

Se você vende na internet, e decide por um aplicativo de entrega pode até parecer uma alternativa normal, mas é importante ter algumas questões para esclarecer. Uma delas é o lance de que você acaba dividindo o seu lucro com a empresa ao pagar as taxas de comissão.

Outro fato importante é que esses aplicativos não permitem que os comerciantes tenham acesso as informações dos clientes. Sendo assim, a comunicação com eles se torna mais difícil e burocrática.

É possível enfrentar essas complicações ao criar o seu próprio sistema de delivery – sim (é mais fácil do que você pensa).

Agora, se você optar que o melhor para o seu comércio é estar nos marketplaces, confira a nossa relação de melhores aplicativos de entrega de comida e produtos.

Os 9 melhores aplicativos de delivery e entrega de produtos

Antes de mais nada, vale ressaltar que nada é 100% perfeito. Toda empresa que trabalha com delivery está sujeita a contratempos, especialmente quando tem vários pedidos no decorrer do dia a dia.

Anúncios

Lembrando também que alguns aplicativos cobram taxa mensal e outras, por serviço prestado. Confirme as especialidades de cada uma antes de escolher qual é a melhor alternativa para você.

iFood

Considerado um dos melhores aplicativos de entrega de comida da atualidade, o iFood garante aos comerciantes um gerenciamento simples do negócio no aplicativo e um aumento de até 50% na renda de quem decidir ser parceiro.

Segundo o iFood, são mais de 48 milhões de pedidos entregues por mês, 236 mil restaurantes parceiros e 160 mil entregadores dedicados. Ele permite entrega de objetos de restaurantes, docerias, padarias, hortifrutis, mercados, pet shops e outras lojas.

Anúncios

A empresa oferece dois planos:

° Básico: o estabelecimento é quem faz as entregas e gerencia os entregadores. Há uma comissão de 12% sobre o valor dos pedidos executados e mais uma taxa de 3,5% quando o pagamento é feito pelo iFood. A mensalidade é R$ 100,00, mas somente se a sua empresa lucrar mais de R$ 1.800,00 no mês.

° Entrega: o iFood faz a entrega através de parceiros aliados. A comissão é de 23% sobre o valor dos pedidos, e há uma taxa de 3,5% quando o pagamento for feito direto no aplicativo. A mensalidade é R$ 130,00, caso você venda mais de R$ 1.800,00 no mês. Esta alternativa não está disponível em todas as regiões do Brasil.

Loggi

Loggi é o aplicativo mais popular quando se refere a transporte de mercadorias em geral. A startup nacional conta com mais de 40 mil entregadores cadastrados e parceiros, e faz milhões de entregas diariamente em vários pontos do Brasil.

Disponibiliza resultados para varejo e e-commerces, além dos processos tecnológicos que, segundo a própria Loggi, garantem escala e lucro ao estabelecimento.

Com o aplicativo de entrega de produtos, seu cliente acompanha o status do pedido usando a internet e consegue saber precisamente o horário da entrega. É possível também consultar histórico de pedidos, notas fiscais e recibos sempre que precisar.

A Loggi não tem mensalidades e cobra por entregas realizadas. Os valores alteram entre pessoa física, e-commerces e empresas.

Gostaria de entender mais sobre temas como este, assine nossa newsletter. Enviaremos as melhores dicas diretamente para a sua caixa de e-mails semanalmente.

Rappi

O Rappi é um aplicativo de entrega que entrega mais do que apenas refeições. Desenvolvido na Colômbia, ele trabalha com vendas por atacado, pet shop, farmácia, produtos de limpeza, entre outros.

O aplicativo tem a alternativa de contratar um entregador para uma demanda específica, retirando um item em um lugar e entregando a outro, por exemplo.

Segundo a empresa, ela oferece aos parceiros os dados mais essenciais para gerenciar o estabelecimento, como informações sobre vendas e outros indicadores operacionais.

O Rappi cobra uma porcentagem de comissão e o Imposto sobre Valor Agregado (IVA) por cada pedido feito.

Uber Eats

Além de trabalhar com o transporte de pessoas, a norte-americana Uber faz entrega de comida na sua versão denominada Uber Eats.

A companhia confirma que tem uma rede de entregas confiável e conta com mais de 1 milhão de motoristas e entregadores no Brasil. Faz cerca de 16 milhões de viagens e entregas diariamente em todo o mundo.

O Uber Eats cobra uma taxa de ativação única – a qual dá direito a um kit com tablet, software de restaurante e uma sessão de fotos profissionais – e uma taxa de serviço, que é uma porcentagem sobre cada pedido feito ao seu comércio.

Cornershop

O Uber tem uma modalidade diferente de entrega de produtos. É a Cornershop, focada apenas para mercados.

O cliente faz o pedido no seu estabelecimento usando o aplicativo da Cornershop, a empresa te avisa da compra e envia um shopper à sua loja. Ele retira o pedido e leva até consumidor.

O aplicativo garante que poderá ser entregue os produtos nos endereços pedidos em menos de 90 minutos.

Ela oferece atendimento personalizado em tempo integral e ferramentas com gestão das mercadorias. Você pode acompanhar também quais são os produtos mais pedidos e quais não estão sendo encontrados.

A Cornershop cobra uma comissão de 15% sobre cada pedido feito.

99 Food

A 99 é uma empresa que iniciou as atividades no setor de transporte de pessoas e cresceu para entrega de alimentos na sua versão 99Food.

Segundo a companhia, ela tem uma equipe técnica direcionada a auxiliar os restaurantes parceiros na configuração da loja virtual e tem ferramentas direcionadas para ações com promoções.

Também coloca à disposição o app 99Store, para auxiliar os parceiros na gestão da loja, oferece dados sobre o desempenho de vendas, entre outros recursos.

A 99Food oferece dois planos:

° Entrega 99Food: é ela quem faz a entrega dos pedidos. A comissão é cobrada sobre o valor dos itens vendidos.
° Entrega do estabelecimento: o próprio comércio é o responsável da entrega. A comissão é cobrada sobre o valor dos itens vendidos mais a taxa de entrega.

aiqfome

Conhecida como a maior plataforma do interior do Brasil, o aiqfome já esta situada em mais de 500 cidades em 22 estados. O aplicativo recebe cerca de 20 milhões de pedidos todo ano, tem 20 mil restaurantes parceiros e 3 milhões de usuários.

A empresa promete clareza e a condição de receber pedidos com cupons de desconto sem que você precise pagar por eles. E tem acesso às informações da sua operação em um dashboard no aplicativo.

O aiqfome cobra uma comissão de 12% sobre os pedidos feitos no seu comércio. Se o pagamento for feito diretamente pelo aplicativo, você paga mais uma taxa de 2,99% sobre eles. Os valores podem sofrer alterações dependendo da região.

Lalamove

Esta empresa de Hong Kong é a menos popular comparando as demais que citamos, mas é muito ampla. Atua com veículos de vários tamanhos, de motos a carretos, o que autoriza o transporte de itens diversos.

Conhecida por trabalhar com uma logística rápida e barata, a Lalamove conta com uma rede de 700 mil motoristas parceiros em todo o mundo. Só no Brasil, ela tem 50 mil motoristas cadastrados e 60 mil usuários.

Oferece serviços de entrega 24 horas por dia, 7 dias por semana, sendo até possível o usuário receber  a mercadoria no mesmo dia da compra.

A Lalamove não cobra comissões, mas possui taxas fixas. Elas partem de R$ 9,50 e variam conforme o veículo decidido para a entrega, a distância percorrida e os serviços adicionais contratados.

Click Entregas

Dentre os destaques deste aplicativo de entregas, está a comodidade na forma de pagamento, a rota seguida e seguro de encomendas.

A Click Entregas tem ações voltadas para restaurantes e e-commerces e afirma que, com ela, dá para economizar até 20% dos custos logísticos. São 30 mil entregadores registrados e 250 mil entregas feitas todo mês.

A empresa não cobra comissões. Ela trabalha com uma tarifa mínima – que depende a cidade e o peso do produto (pode demandar veículos específicos) – e acréscimos estipulados por quilômetro rodado (se ultrapassar o limite mínimo) e serviços como carga e descarga e ponto de entrega adicional.

Conclusão

Gostou de aprender tudo sobre os melhores apps de delivery e entrega de produtos, então escolha qual aplicativo oferece o serviço que mais combina com as suas necessidades do seu perfil e as taxas que tem mais vantagens.