Anúncios

O abono salarial PIS/PASEP beneficia cerca de 24,7 milhões de brasileiros, que faz parte dos critérios exigidos para receber os valores.

Porém, todos os anos várias pessoas deixam de realizar o saque por perderem o prazo ou por não saberem como fazer o procedimento de saque na Caixa ou no Banco do Brasil.

Os cidadãos que trabalham na rede privada são beneficiados com o PIS através da Caixa Econômica Federal, no total são cerca de 17 bilhões de reais disponibilizados para 22,2 milhões de pessoas.

Anúncios

Já o Pasep é o benefício direcionado para os funcionários públicos através do Banco do Brasil. Geralmente, são 2,7 milhões de cidadãos que recebem em média 2,5 bilhões.

Deseja compreender como funciona e como fazer o saque anual do Pis/Pasep?

Como fazer o saque do PIS na Caixa Econômica Federal

Para efetuar o saque, é preciso que os trabalhadores se direcionam pessoalmente até uma agência da Caixa, Casas Lotéricas ou Correspondentes Caixa Aqui.

As pessoas que não dispõem do cartão cidadão, que é o cartão específico para receber os benefícios e direitos trabalhistas, devem ir diretamente em uma agência da caixa com um documento de identificação pessoal oficial, como: RG, CNH, passaporte ou carteira de trabalho.

Sendo assim, o cidadão já pode aproveitar a oportunidade e pedir o cartão e já cadastrar uma senha de acesso para os próximos anos.

Anúncios

As pessoas que possuem uma conta corrente ou poupança na Caixa Econômica Federal já podem receber o saldo do PIS na conta, caso exista movimentação na conta e um saldo acima de R$ 1,00.

Como efetuar o saque do Pasep no Banco do Brasil

O pagamento do Pasep é executado via crédito na conta poupança ou corrente do Banco do Brasil. As pessoas que não receberem o saldo do abono salarial na conta, poderão efetuar o saque diretamente no atendimento presencial em uma agência, portando somente um documento de identificação pessoal oficial.

Quem tem acesso ao PIS/PASEP

O PIS/PASEP é um direito trabalhista que beneficiar trabalhadores de rede privada e pública que recebam até dois salários mínimos e possuam registro de trabalho formal por no mínimo 30 dias no ano base.

Anúncios

Entretanto, é essencial ser inscrito no PIS/PASEP por pelo menos cinco anos, ou seja, é necessário ter cinco anos de trabalho e contribuição.

Regras para receber o abono salarial do PIS/PASEP

  • Ter sido remunerado de um empregador que seja contribuinte do PIS/PASEP, inscrito através de um CNPJ.
  • Estar com os documentos em conformidade com a Receita Federal.
  • Ter CPF ativo.
  • É necessário ter uma remuneração de até dois salários mínimos ao mês.
  • Ter os dados disponibilizados através do empregador de maneira correta na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), especialmente do ano em questão.
  • Ter trabalhado por pelo menos 30 dias consecutivos no ano base.
  • Ter 5 anos de contribuição ao PIS/PASEP.