Anúncios

Na Itália, existe o projeto SIdp, do Serviço de Saúde Pública, onde é oferecido aos cidadãos que encontram-se em situação de vulnerabildiade social, um serviço de tratamento dentário gratuito.

Anúncios

Antes da pandemia, os serviços dentários cobertos para essa população era de apenas 5%. No perído de pandemia, esses serviços tiveram uma diminuição drástica, levando boa parte da população a deixar de receber qualquer cuidado neste setor.

Hoje, iremos falar mais a respeito do projeto do SIdP e sobre o acesso das famílias de baixa renda ao Dentista Solidário. Veja a seguir.

Programa Dentista Solidário

A Sociedade San Vincenzo de Paoli, em associação com a Fundação SIdP Onlus e com a Sociedade Italiana de Periodontologia e Implantologia, realizaram o lançamento do projeto que se intitula de O Dentista Solidário (Il Dentita Solidal), sendo iniciado no dia 30 de abril deste ano.

O programa busca visar o atendimento às famílias que estão em vulnerabilidade social, levando à elas o tratamento dentário para uma saúde completa e uma autoestima melhor.

Veja Também:

A iniciativa deste projeto se deu devido ao Dia Mundial da Saúde, o qual é celebrado no dia 7 de abril, onde foi acompanhado por mais de 250 dentistas e higienistas dentários do SIdP, que dedicam pelo menos uma hora de sua semana para a realização do serviço de tratamento dentário gratuito e de exames para essa população de baixa renda.

Quam identifica as pessoas que necessitam deste atendimento e as acompanha no processo é a Società San Vincenzo De Paoli, a qual tem um papel fundamento no projeto.

Mais sobre o Projeto da Fundação SIdP Onlus

“Para além de intervir num contexto de emergência para permitir um tratamento urgente, visa sensibilizar para a importância da prevenção e das práticas correctas de higiene oral”, destaca Mario Aimentti, presidente da Fundação SIdP Onlus, sobre o projeto Dentista Solidário.

“Na Itália, os serviços dentários são essencialmente privados com uma cobertura mínima pelo sistema público e consequentes barreiras econômicas para os cidadãos”, completa.

De acordo com alguns dados coletados do Istato de 2019, foi contabilizado que um a cada dois cidadãos italianos vão ao dentista. Entre a população que encontra-se em situação de pobreza, o percentual cai para apenas 14% e para os que estão em situação de extrema pobreza, é de apenas 9%.

Anúncios

Aimentti diz: “Além disso, entre os cidadãos estrangeiros, o acesso aos cuidados dentários é inferior a metade da dos italianos e a pandemia agravou estas desigualdades”.

Assim, o projeto Dentista Solidário busca minimizar os impactos das diferenças sociais e os impactos que a pandemia trouxe sobre a população, proporcionando uma saúde digna para toda a população.

Aplicativo de anemia

Verificar anemia