Anúncios

Sem dúvidas esse é um dos benefícios mais conhecidos do país, na qual nunca encerram as inscrições, ou seja, todos os meses o programa recebe novos cadastros de pessoas interessadas em fazer parte.

[elementor-template id=”2453″]

Se você que consultar seu limite ou solicitar o seu, é só escolher um das opções abaixo:

Anúncios

Bolsa Família
Peça o Cartão Abaixo:

Ao todo já são em média 13,9 milhões de beneficiários que são acolhidos pelo programa.

O Bolsa Família é um programa de entrega de renda às famílias carentes que precisam de um apoio financeiro para sair de situações de miséria e de extrema pobreza, passando a ter acesso a saúde, alimentação e educação.

E, pensando nos indivíduos que estão precisando saber mais sobre o benefício, nós elaboramos esse post com maiores detalhes sobre o Bolsa Família, assim você aprenderá a fazer o seu cadastro ou poderá ajudar alguém que esteja precisando fazer. Confira!

Como funciona o Bolsa Família

Vários estudos já apontaram que o Programa Bolsa Família de fato tem um papel muito importante na redução da desigualdade social no Brasil, segundo o apontamento do 4° Relatório Nacional de Acompanhamento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.

Com isso, o programa contempla três principais vertentes, sendo: os programas complementares, transferência de renda e condicionalidades.

Anúncios

Os programas complementares atuam no desenvolvimento das famílias integrantes com o objetivo de diminuir a vulnerabilidade dos membros.

Nas condicionalidades o acesso aos direitos humanos são reforçados, como acesso à educação, saúde e acesso ao serviço social. Já na Transferência de Renda é efetuado o pagamento de valores acordados conforme o programa para oferecer alívio imediato.

Quem pode ter acesso ao programa

Como o programa é direcionado para promover suporte financeiro a famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade econômica, é necessário atender alguns requisitos, como:

Anúncios

– Grupos familiares que vivem em situação de pobreza ou extrema pobreza. Ou seja, pessoas que recebem de R$ 89,01 a R$ 178,00 por membro familiar.

– Para participar do programa é necessário ter na composição familiar crianças e adolescentes de 0 a 17 anos e/ou gestantes.

– É essencial ser inscrito no Cadastro Único.

Como fazer o cadastro no Bolsa Família

Agora que você já sabe quem pode participar do programa, se você estiver dentro do perfil definido pelo Governo Federal, basta ir pessoalmente no setor responsável pelo credenciamento do Bolsa Família do seu município, portando todos os documentos obrigatórios.

Dessa forma, eles irão fazer o cadastro familiar e irão enviar para análise. Todos os meses o Governo Federal faz a liberação do benefício para novos membros.

Documentos obrigatórios

É essencial reunir todos esses documentos para levar ao setor responsável de cadastramento do seu município. Importante: Leve os documentos originais e pelo menos uma cópia de cada:

– Carteira de Identificação Pessoal (RG)

– CPF

– Certidão de Nascimento

– Certidão de Casamento

– Título de Eleitor

– Carteira de Trabalho

– Comprovante de residência – conta de energia ou água, por exemplo.

Como saber se já sou inscrito no Cadastro Único

Essa dúvida pode acontecer no momento de fazer o cadastro no Bolsa Família, mas para esclarecer essa dúvida, é só ligar no telefone: 0800 707 2003 – que oferece atendimento de segunda a sexta-feira das 08:00 às 19:00 horas.

Ou se desejar, pode também fazer a consulta no app“Meu Cadastro Único” ou ainda, pode acessar o  site oficial  do Ministério da Cidadania e fazer a consulta, veja:

– Vá até o site do Ministério da Cidadania;

– Na sequência, disponibilize as informações que serão solicitadas na tela principal;

– Clique em “Emitir”;

– Assim você terá acesso ao documento que informará se você tem inscrição ativa ou não.