Anúncios

Com certeza, o novo coronavírus tem tirado o sono de muitos governantes, especialmente pelo fato de essa doença desafiar o isolamento de todos em suas casas, no Brasil, não é novidade para ninguém que o país enfrentaria problemas sérios.

Nessa semana turbulenta para todos, especialmente para a direção do Ministério da Saúde que corre o risco de demissão a qualquer momento. A pasta anunciou hoje no site oficial que subiu para 241 o número de mortes em consequência do novo coronavírus no Brasil.

Sabe-se que o aumento de 40 mortes em 24 horas. A taxa de letalidade é de 3,5%. No total, são 6.836 casos oficiais confirmados no país até agora, segundo o governo

Anúncios

No país, sobe o número de mortos pelo Coronavírus -país enfrenta dificuldades

Em meio crise Coronavírus – Confusão no ministério da saúde

Mais uma semana turbulenta, anteriormente publicamos aqui sobre a demissão do Wanderson Oliveira, em resposta, Mandetta diz que não aceita pedido de demissão de secretário, pois ele é peça essencial para bolar estratégia de combate ao coronavírus no Brasil.

Mas o que aguardar afinal do país nesse acontecimento?

Nas últimas 24h o Brasil registrou 204 novos óbitos por conta do novo coronavírus, segundo dados do Ministério da Saúde divulgados nesta quarta-feira, 15. Ao todo, agora são 1.736 mortos em todo o Brasil. A taxa de letalidade é de 6,1%., consequentemente, tornando alta a cada dia.

O que foi já desejado pela pasta, o número de pacientes infectados confirmados saltou 3 mil em um dia e chegou a 28.320. Essa disparada é a soma de um maior número de testes sendo realizados e um indicativo de que o contágio no país está em um compasso acelerado.

Anúncios

São Paulo já se tornou o Epicentro da doença

São Paulo continua sendo o mais danificado, com 778 óbitos e 11.043 casos já confirmados da doença. Rio de Janeiro (3.743 casos e 265 mortes), Ceará (2.157 casos e 116 mortes), Amazonas (1.554 casos e 106 mortes) e Pernambuco (1.584 casos e 143 mortes) Dória, atual governado do estado, está tomando medidas duras para combater isso.

Só nas últimas 24h, São Paulo teve em torno de 83 mortes por coronavírus confirmadas chegando ao total de 778 mortes. Esse dados foram divulgados na tarde desta quarta-feira, 15, pela Secretaria Estadual da Saúde.

Sendo assim, a pasta informa que, nos últimos sete dias, o total de mortes confirmadas teve um aumento de 82%, consequentemente, temos uma condição mais preocupante ainda.

Anúncios

Caros leitores do  Valorizei , as mortes estão sendo confirmadas com testes feitos pelo Instituto Butantan, em uma rede que conta com 30 laboratórios e que recebeu, na terça, 726 mil testes para detecção da doença e abreviar a fila de amostras a serem analisadas.